Quem faz

Muito prazer!

quem faz - blog Faz Simples

Sou Robson Sobrinho, carioca “da gema”, pai de dois cães arteiros, servidor público (de profissão), e blogueiro estagiário. Nasci nos anos 80, pouco depois que meus pais iniciaram a construção de sua casa dos sonhos.

Assalariados (também servidores públicos) e com mais três filhos, além de mim, eles “se viravam nos trinta” para manter comida na mesa, educação e a construção de um lar confortável.

Cresci em meio aos canteiros da obra e todas as suas implicações.

Era uma farra acompanhar a escolha dos pisos/azulejos, das cores de paredes, e viver sonhando com tantos projetos (quase sem fim) idealizados por eles ao longo dos anos.

Minha mãe faleceu. E meu pai, no susto, teve que seguir adequando sozinho tudo o que eles haviam planejado.

No ano 2000, senti esse gostinho de sonho (e responsabilidade) pela primeira vez. Aluguei um apê, e os 35 m² detonados se mostraram gigantescos pra arrumar.

Transformar aquela caverna em “lar doce lar” só foi possível porque tinha em mente que reinventar, não só a cara, mas também a utilização dos móveis usados que ia ganhando de um e de outro, era a minha única alternativa.

Quer saber do resultado? Esbanjei personalidade!

Lembro bem das tintas, texturas e, principalmente, dos raladores de legumes que transformei em luminária, deixando as visitas curiosas sobre o nome da loja em que havia comprado.

E nessa de encarar desafios, esbarrei com o umbigo no fogão. Não virei um Chef, vou logo avisando, digamos que eu tenha apenas sobrevivido e me apaixonado.

Sempre que dá, corro pra cozinha boto avental de “mestre cuca” e ainda invento receita. Mas só espere receita FRBD – fácil, rápida, barata e deliciosa.

O tempo foi passando, as mudanças de vida não pararam e o conceito “casa” nunca deixou de estar presente nos meus dias.

Não virei arquiteto, decorador ou designer (infelizmente). Por outro lado, isso não impediu que eu mergulhasse em mostras, feiras, cursos rápidos, blogs, revistas e programas de tv (desse tema) cada vez mais no meu tempo livre.

Até que em 2015, depois de vender meu apê com TUDO que tinha dentro, e cortar um dobrado pra organizar a nova casa (com pouca grana), percebi que essas experiências e dicas não poderiam ficar “guardadas”. Quanta gente eu conheceria e ajudaria apenas compartilhando…

Por que não mostrar como  facilitar (e reinventar) técnicas de pintura, iluminação, paisagismo, desenho de móveis em mdf e culinária?

Por que não ajudá-los a fugir do que já vende pronto, e transformar o que iria pro lixo?

Assim nasceu o blog. E por sua visão simplificada (e particular) do conceito “casa” acabou virando referência em algumas publicações de revistas de decoração, sites e blog’s.

Continuo por aqui na batalha mostrando que, antes de mais nada, uma casa deve ser bonita, agradável e funcional aos olhos de quem vive.

Se você não pode confiar as chaves da sua casa nas mãos de um profissional (e só voltar no final de tudo), não tem medo de encarar os desafios (e prazeres) de construir o seu lar, e acredita que seu cantinho é (e sempre será) O MELHOR LUGAR DO MUNDO, vai encontrar muito assunto por aqui.

quem faz - Blog Faz Simples

Agora que já conhece o morador, pode vasculhar tudo!

Comente o que te agrada, fale quem é você, o que acha, o que fez e faz.

Pergunte. Duvide. Critique. Assim, nós dois poderemos melhorar o que tiver de ser juntos.

Só não vale esquecer de voltar, combinado?!

Nem que seja para curtir uma receita molezinha e um bate-papo 😉

Conto contigo pra movimentar esse nosso espaço…

Aquele Abraço!