Como escolher rejunte certo para os azulejos e piso de casa

Você sabe como escolher rejunte certo pro piso e azulejo de casa?!

Dá muita raiva investir em um piso caro, e meses depois ficar tudo com aquela aparência feiosa e maltratada.

Pra te livrar disso, bolei esse post mostrando que existe muito mais entre o piso e o rejunte “do que supõe nossa vã filosofia” de obra (rs).

 

como escolher rejunte

 

Como escolher rejunte – Tipos

 

Cimento lixado

Esse é o mais comum do mercado.

Composto por vários materiais, entre eles areia.

Apresenta uma boa resistência depois de seco, tem custo de aquisição super baixo, além de aplicação descomplicada.

O grande problema é que absorve muita sujeira e mancha com facilidade.

É indicado para uso em pedras rústicas, cerâmicas, cerâmicas vermelhas (lajotão), ladrilhos hidráulicos e outros.

Por conter areia, pode riscar materiais de acabamento “mais fino” na hora da colocação.

 

como escolher rejunte para cerâmica

 

Para minimizar as manchas, utilize um impermeabilizante pouco após a instalação (esse adimax é o mais conhecido, entretanto, existem outros).

 

Cimento não lixado

Basicamente igual ao lixado, mas sem areia.

É conhecido como “rejunte de parede”.

Pode ser utilizado em cerâmicas, cerâmicas finas, pedras com acabamento (mármores e granitos polidos) e outros.

Também é recomendada a impermeabilização 😉

 

Rejunte com látex

Similar ao produto de cimento, com o diferencial de ser acrescido de látex ou impermeabilizante já em sua composição.

Essa adição faz com que o material seja mais resistente às manchas e mantenha sua cor por muito mais tempo.

Pode ser utilizado em cerâmicas, cerâmicas finas, pedras com acabamento (mármores e granitos polidos) e outros.

 

Rejunte epóxi

Feito com resinas epóxi. Geralmente vem dividido em duas partes (resina epóxi + endurecedor), que devem ser misturadas no momento da aplicação.

Sua vantagem é a grande resistência a manchas e mofo, além da maior facilidade para limpeza no dia a dia.

 

como escolher rejunte para piso porcelanato

 

A desvantagem é que o rejunte epóxi tem preço de aquisição bem mais elevado do que os outros tipos, e sua aplicação é mais complexa (dê olho no profissional escolhido blz?!).

Pode ser aplicado em cerâmicas, algumas pedras, ladrilhos, porcelanatos e outros.

 

Tá gostando do assunto? Então informe seu e-mail e não perca as atualizações do blog!

Dicas que facilitam o seu dia

Você quer?

100% livre de spam

 

 

Rejunte com argamassa de assentamento

 

Alguns materiais, como pastilhas e mosaico de vidro, não são assentados com um material e depois rejuntados com outro (tipo o  que ocorre nas cerâmicas e porcelanatos).

No caso das pastilhas o próprio material de assentamento (a argamassa) já é o responsável pelo rejuntamento.

 

 

como escolher rejunte parede de pastilhas

 

 

Agora que você sabe como escolher rejunte é só meter a mão na massa 😉

 

Gostou das dicas?

Então veja essas que separei pra você:

 

Clique aqui!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

*

4 Comentários

  1. Rapaz. Lendo esse seu post eu gostaria de sugerir que você fizesse um post sobre porcelanato líquido. Em conversa com meu pai, soube que muita gente está procurando isso. Ocorre que o nome leva a uma impressão errada sobre o que realmente é. Parece que o que estão oferecendo com esse nome é, na verdade, uma pintura epóxi e a qualidade é meio duvidosa. Como está na moda esse tal de porcelanato líquido, acho que seria legal você escrever sobre.

    • Bruno, meu amigo,

      Realmente este revestimento anda muito na moda.
      Também não ouvi boas referências boas sobre o produto, até agora.
      Vou buscar informações e tentar conhecê-lo pessoalmente e conto o que aqui, blz?!

      Muito obrigado pela colaboração 😉

      Grande Abraço!

  2. Rubens disse:

    Dá uma olhada nesta página:
    https://www.facebook.com/TopRejuntes/
    Está cheia de dicas sobre rejuntes.