Cimento queimado: como aplicar textura Suvinil em 10 passos?

Gosto muito de cimento queimado (e já faz tempo). Vira e mexe uma das minhas paredes é apresentada.

Pelo visto  as suas vão conhecê-lo também, né?!

Na última reforma lá de casa, aproveitei que precisava renovar as paredes da cozinha e lavanderia pra experimentar a textura de cimento queimado pronto da Suvinil e ver qual seria o resultado.

 

cimento queimado cozinha

 

cimento queimado lavanderia

 

E olha só… o resultado foi tão bom que as reformas acabaram até virando matéria em revista de decoração (Minha Casa eds. maio e junho/2016).

Só pra constar, não estou sendo patrocinado não  até que não seria má ideia kkk (alôôô Suvinil).

No post hoje, vou descrever minha avaliação do produto levando em consideração todos os aspectos desde a compra (inclusive o preço) pra você identificar se ele corresponderá ou não ao que você está precisando, blz?!

Além da avaliação, vou detalhar tudo o que você precisa saber pra aplicar a textura de cimento queimado na sua casa (sem ajuda profissional) e com acabamento perfeito!

Mas chega de papo e vamos ao que interessa 😉

 

Continue lendo pra saber:

  • características e avaliação da textura Suvinil
  • locais de aplicação e materiais necessários
  • passo a passo simples

 

Cimento queimado: avaliação da textura

 

A primeira coisa que você precisa saber é que trata-se de um tipo de massa acrílica capaz de gerar vários efeitos decorativos (mármore, madeira e bambu) além do próprio cimento queimado .

Conseguir cada um dos efeitos dependerá apenas da forma de aplicação e cor escolhida.

Sim! Porque quando você estiver comprando seu galão de textura terá que indicar uma cor desejada para que ela seja feita na máquina (como se fosse uma lata de tinta).

Estão disponíveis as cores da paleta da marca. No meu caso utilizei o tom “Elefante” (ref. d161).

 

cimento queimado textura suvinil

 

Já apliquei vários produtos que imitam esse efeito em casa.

Levando em consideração o resultado final em relação à facilidade de aplicação, a textura Suvinil é perfeita!

O custo também não é ruim. Um galão rendeu 12m2 e custou R$ 88 (referência Rio de Janeiro – Jul/16).

Isso é suficiente para modificar a cara de uma das paredes de casa com facilidade.

E não precisa ter medo. Mesmo que você nunca tenha feito nada parecido, pode relaxar que o seu resultado será incrível!

 

Cimento queimado: locais de aplicação e materiais

Já que é uma espécie de massa acrílica, nada de aplicar em locais que tenham contato direto com água.

Evite paredes externas, pois com a variação de temperatura ela pode trincar e ter sua vida útil diminuída.

 

Material necessário:

  • desempenadeira aço inox
  • cera de carnaúba (para o polimento)
  • flanela ou polidora  (kit polidor para furadeira serve)
  • fita crepe (opcional)
  • lixa de parede 600 (opcional)

 

Está gostando do assunto? Informe seu e-mail e não perca as novidades do blog!

Dicas que facilitam o seu dia

Você quer?

100% livre de spam

 

Cimento queimado: passo a passo de aplicação

1 – a primeira etapa é isolar (o máximo possível) a parede que receberá a textura de todo o resto do ambiente (a massa suja igual tinta);

2 – em seguida verifique se a parede apresenta alguma área descascando ou com umidade (será necessário reparar antes da aplicação);

3 – realize uma limpeza na parede com pano úmido (quase seco) pra retirar todo vestígio de poeira e oleosidade;

4 – a mistura já vem totalmente pronta.

Na hora da aplicação basta retirar um pouco da textura direto da lata e aplicar com a desempenadeira (em movimentos circulares) cobrindo toda a superfície.

Aplique uma camada (fina) suficiente para cobrir tudo.

 

cimento queimado textura suvinil como aplicar

 

5 – depois da primeira demão aplicada em tudo você vai me xingar, em seguida se arrepender (kkk).

Sua parede estará horrível SUPER estranha (numa cor que nem de longe lembra cimento queimado).

É assim mesmo!

A secagem dessa primeira etapa ocorrerá entre 6 e 8 horas (dependo do seu clima);

6 – com a primeira demão totalmente seca e bem mais clara, repita a etapa de aplicação, só que dessa vez, faça uma camada bem fina e falhada deixando pequenas áreas sem aplicação da textura.

 

cimento queimado textura suvinil como aplicar

 

É assim que você conseguirá o efeito manchado quando tudo estiver seco (mais ou menos manchado dependendo da forma de aplicação). Aguarde novamente a secagem;

7 – Inicie a terceira demão, camada fina e mais espaçada do que a anterior. Raspando bem firmemente com a desempenadeira na parede (não se esqueça de fazer em movimentos circulares);

8 – Depois da terceira aguarde a secagem por 12h.

 

cimento queimado como aplicar textura suvinil

 

9 – aplique a cera de carnaúba na parede (camada fina) e depois de seca é só dar brilho com uma flanela limpa (ou com polidora);

10 – se você desejar uma parede super lisa (tipo um granito) utilize a lixa 600 e, em seguida, aplique a cera de carnaúba. Eu prefiro o acabamento mais rústico então não lixei nenhuma das paredes.

 

Considerações finais

Lembra que eu falei pra não aplicar em locais que tenha contato com água?

Então, na minha lavanderia apliquei 2 camadas bem grossas de cera e além disso a utilização do meu tanque é eventual. Se no seu local desejado tiver molhadeida essa textura não serve mesmo!

E aí… tudo pronto pra aplicar na sua casa? Se precisar de ajuda é só falar 😉

Gostou das dicas?

Então veja essas que separei pra você:

 

Ficou com dúvida é só perguntar que eu respondo na hora 😉

Clique pra voltar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

*

22 Comentários

  1. Ricardo disse:

    Olá! Muito bom seus DIY’s, tanto esse quanto o outro de esconder os azulejos. No entanto fiquei com uma dúvida. No post de emassar azulejos, na fase de preparação, é preciso aplicar a mistura do adesivo de alto desempenho com argamassa. No caso dessa textura utilizada, essa etapa não é necessária? Obrigado!

    • Olá, Ricardo

      Fico muito feliz em saber que você acompanha os DIY’s do blog 🙂

      Com relação ao procedimento da textura, você não precisa executar apenas o passo de emassar com a massa acrílica. Mas o processo de passar a mistura de adesivo com argamassa é necessário sim!

      Esse processo de passar a mistura nos azulejos é o que retira sua textura lisa e brilhante permitindo a aderência de outros materiais, ok?!

      Recapitulando… passe a mistura de adesivo com argamassa, aguarde a secagem (conforme instruções do post) e em seguida já pode iniciar a aplicação da textura de cimento queimado (conforme os passos do post).

      Muito obrigado pelo contato, e qualquer coisa é só falar 😉

      Grande abraço!

      • Ricardo disse:

        Olá, Robson.

        Muito obrigado por ter respondido prontamente minha dúvida interior!

        Me surgiu mais uma dúvida. Espero que vc possa me auxiliar!

        Eu tenho um outro cômodo que tem azulejos no chão. Apenas de na lata dessa textura estar escrito “parede”, será que seria possível usá-la para cobrir esse piso? Vc já usou dessa forma?

        Se não for possível, você teria alguma outra sugestão?

        Obrigado!

        Abraço!

        • Olá, Ricardo,

          Pra mim é uma enorme felicidade poder ajudar, meu amigo 🙂

          Rapaz, não fiz o teste mas posso afirmar que ela não suportaria… com certeza ficaria soltando em pouco tempo (sem falar se tivesse contato com água).

          Pro chão tem uma mistura (um pouco mais forte) chamada “cimento queimado pronto bautech”, esse eu já usei na parede (dentro do box) e deve funcionar tranquilo num piso.

          Só uma observação, no meu caso ele deu umas rachaduras pequenas depois de um tempo 😉

          Qualquer coisa é só falar… e me conte como ficou o andamento de tudo.

          Grande abraço!

  2. Hafra Laísse da Silva Teixeira Duarte disse:

    Encantada com suas dicas preciosas.
    Achei por acaso este blog; foi um verdadeiro achado!
    Muito obrigada!

  3. Ricardo leubeck disse:

    Depois da primeira de mão, é preciso lixar um pouco pra dar a segunda????

    • Ricardo,meu amigo,

      Não tem necessidade de lixar não. Até porque cimento queimado bonito precisa de uma aparência com acabamento pouco mais grosseiro.

      No entanto se vc desejar somente a cor do cimento e acabamento super liso, dae sim, pode lixar (mas com lixa bem fina tipo 150).

      Muito obrigado pela participação e precisando de qualquer coisa é só falar 😉

      Grande abraço,

  4. Carol disse:

    Boa tarde, adorei suas dicas, no caso quero deixar esse efeito cimento queimado numa área de churrasco, a parede está no reboco com selador, posso aplicar em cima disso ou tenho que passar massa corrida ?

    • Oi, Carol,

      Poxa, muito legal você ter curtido o blog… fico super feliz 🙂

      Então, não vejo necessidade para você emassar não… só se sua parede estiver muuuito irregular.

      Estando minimamente nivelada (coisa que o reboco já faz) pode aplicar a textura diretamente que vai ficar lindo.

      Qualquer coisa é só falar, tá bom?!

      Abração,

  5. Aluana disse:

    Adorei as dicas. Quero fazer isso no meu estúdio, só que quero fosco, é só não passar a cera ou tem outro segredo? Rs

    • Aluana,

      Obaaa… que bom que vc gostou 😍

      Isso mesmo! Pra ficar fosco, só não aplicar a cera {lembrando que daí a parede não terá características impermeáveis}.

      Qq coisa é só falar e muuuuito obrigado pela visita 😉

      Abração,

  6. Pedro F disse:

    Fiz numa bancada e ficou show, sem precisar segunda demão! obrigado! pretendo colocar também na parede da churrasqueira, mas tenho medo de trincar com o calor do fogo. Achas que dá?

    Outra dúvida, nessa mesma parede tenho efeito salpicado, preciso tirar 100% ou só dar uma boa lixada já resolve a aplicação direta?

    Obrigado e parabéns pela didática!

    • Fala, Pedro,

      Olha, acho que não vai trincar no calor da churrasqueira não {apesar de não ter essa indicação}…

      E com relação ao chapisco é isso aí, basta lixar um pouquinho pra diminuir as depressões e mandar ver na textura 👌😉

      Muito obrigado pela visita, e qq coisa é só falar meu amigo!

      Abração,

  7. Robson, fantástico a forma como descreveu o procedimento. Eu tenho algumas dúvidas, essa semana irei realizar esse serviço para um cliente, porém ele me passou alguns detalhes de como quer o efeito. Ele quer rústico e não muito manchado. Qual o segredo para ele ficar com mais manches e menos manchas, tem a ver com a quantidade de demãos ou é mais nos movimentos de aplicações? Também ouvi dizer que é bom sempre ter a parede na cor branca por baixo, é necessário de fato pintá-la? Pois no apartamento dele a cor da parede é o cinza elefante, praticamente a cor do efeito.

    • Oi, André,

      Rapaz a quantidade de manchas é um mix entre número de demãos x movimento de aplicação. Para um efeito mais manchado realize entre 3 ou 4 demãos e com aplicação beeem irregular a partir da segunda demão.

      Com relação à cor eu ainda não tive experiência com paredes de outra cor senão o branco, mas pelo que vivenciei não acredito que tenha uma interferência grande no efeito não já que a parede é totalmente coberta pela textura…

      Talvez em paredes mais escuras que a textura (px. uma parede preta) ela possa exercer algum tipo de “sombra” por baixo do efeito… fora isso acho bobagem.

      Muito obrigado pela visita meu amigo, depois conta pra gente como ficou a aplicação por lá, ok?!

      E qq coisa é só falar 😉

      Abração,

  8. Roberta disse:

    Olá! Adorei seu passo a passo, agora eu me garanto no diy!
    Quero dar efeito de cimento queimado em uma placa de mdf, sabe me dizer se é o mesmo processo da parede?
    Obrigada!

    • Oi, Roberta, tudo bem?!

      Então, pra trabalhar com o mdf acredito que seria interessante fazer o mesmo processo de encobrir azulejo {adesivo de alto impacto + argamassa} já que é uma superfície muito lisa pouco absorvente que uma simples aplicação da textura deve rachar e descascar mto rapidamente.

      Muito obrigado pela visita minha amiga, e precisando de qq coisa é só falar 😉

      Abração,

  9. Gerson Adriano disse:

    Bom dia eu sou o Gerson Adriano, e tenho mt interece de inovar os meus conhecimentos pois venho ate vcs para que me de esta oportunidade de aprofundar neste mercado de trabalho que e um novo sucesso em nossos lar. E mt bom mesmo eu já trabalho na área a mts anos e já usei vários produtos da suvinil e gosto mt de em dicar o melhor para os meus cliente, pois eu so quero aprender o passo a passo do porcelanato liquido, eu já tenho conhecimento do efeito mármore e do cimento queimado pois so me resta o porcelanato liquido e pesco a vcs que me estrua neste novo mercado e nos demais. obrigado

    • Olá, Gerson, tudo bem?!

      Você está certíssimo, realmente vale muito a pena conhecer e saber aplicar esses acabamentos para o lar 😉

      Com relação ao porcelanato líquido, por ser um produto muito específico e de custo elevado, acredito que seja válido você realizar algum curso de especialização na área…

      A indicação de cursos você consegue diretamente com fabricantes desses tipo de material, ok?!

      Espero ter consegui te ajudar meu amiga, e precisando de qualquer coisa é só falar 😉

      Abração,

  10. Henrique disse:

    Boa tarde. Comprei a textura da suvinil na cor ovelha e apliquei a primeira de mão, mas achei que ficou muito claro. Gostei da cor elefante que vc escolheu. Será que ficará bom se eu comprar outra lata na cor elefante e aplicar por cima da cor que está na parede? A cor ovelha é mais clara.
    Obrigado

    • Olá, Henrique,

      Acredito que ficara3 bom sim. É possível que somente com uma demão, por exemplo, a cor fique no “meio do caminho” um pouco mais escura do que o ovelha e mais claro que o elefante. Quanto mais demais vc der mais próximo do elefante ficará 😉

      Qq coisa é só falar!

      Abração,