Ar condicionado como escolher o modelo janela, split ou portátil?

Tá querendo escolher um modelo de ar condicionado e não sabe por onde começar, né?!

Já ouvi muita gente falar que ar condicionado é tudo igual… pra escapar dessa furada, melhor não perder as dicas de hoje e sacar que não é bem assim 😉

“Bora” desvendar os mistérios desse aparelho comigo???

 

Tipos de ar-condicionado

 

modelos de ar condicionado split, janela e portátil

 

 

Pra facilitar sua vida, saiba que existem no mercado três principais tipos de ar-condicionado pra sua casa:

  • o de “janela” (também chamado de parede)
  • o split
  • e o portátil

 

 

Ar condicionado modelo “janela”

É aquele mais conhecido, com seu design “quadradão”, que precisa ser instalado em uma parte vazada da parede.

 

 

Ar condicionado “Split”

Carrega esse nome por é separado em duas partes (split em portugês = divisão).

Uma parte fica instalada do lado de fora de casa, chamada condensador, e uma unidade interior (aquela que fica no cômodo), chamada evaporador.

 

 

Ar condicionado “Portátil”

O modelo portátil, aquele que parece um climatizador, não precisa ser instalado em um ponto fixo do ambiente.

 

Tecnologia “Inverter”???

Já ouviu falar?

A tecnologia inverter, basicamente, regula o fluxo de energia gasto pelo ar condicionado alterando a velocidade do compressor.

O inverter consegue gastar menos luz, porque ele reduz os picos de energia e flutuação (aquele barulhinho: ôooowwwnnnn que o ar condicionado faz).

Um compressor inverter quase nunca faz isso.

Ele  vai ajustando, apenas, sua rotação de acordo com a necessidade de mais frio/calor para o ambiente. Sinistro, né?!

Pra Resumir, este tipo de ar condicionado altera o número de rotações do compressor dependendo da temperatura ambiente sem necessariamente desligá-lo.

Tenha em mente que o inverter, geralmente, tem preço de aquisição mais elevado do que os split’s normais.

Então, verifique o quanto você pode investir no ar-condicionado, blz?!

 

Tá gostando do assunto? Então informe seu e-mail e não perca as atualizações do blog!

Dicas que facilitam o seu dia

Você quer?

100% livre de spam

 

Vantagens e desvantagens de cada modelo

Essa é aparte que mais te interessa, né?!

Cada um dos tipos de ar condicionado possui suas características, e por isso usos beeem específicos.

A escolha do modelo vai depender de como é seu ambiente, a rotina e o espaço.

Então saca as principais vantagens e desvantagens de cada modelo…

 

 

Vantagens, ar condicionado “janela”

 

ar condicionado de janela vantagens

 

 

A principal qualidade desse modelo é o preço, que costuma ser mais baixo do que o preço de modelos split.

Além disso, sua instalação é bastante simples, sendo a maior dificuldade abrir o espaço na parede.

Pra ambientes pequenos e que já possuam essa abertura, o ar de janela pode ser ideal.

 

Desvantagens

Logo de cara o que chama atenção nesse tipo de aparelho é o design, bastante antiquado.

Além disso, o ar de janela não possui, geralmente, muita potência, por isso não é indicado para ambientes maiores.

Ele também é mais barulhento do que outros modelos.

 

Vantagens, ar condicionado “split”

 

vantagens do ar condicionado split

 

Cada vez mais popular e também acessível, o modelo split representa um grande avanço para o ar-condicionado.

Ele tem maior variedade de potência, design mais sofisticado e recursos extras (como filtragem de ar muito eficiente e função de desligamento automático).

Além disso, apresenta ruído reduzido e ocupa menos espaço físico do ambiente (já que suas unidades são divididas, com uma delas ficando totalmente na parte exterior do local).

 

#Desvantagens

Todos esses recursos têm influência no preço, que costuma ser mais elevado do que o de janela.

Além disso, o ar condicionado split tem instalação mais cara e trabalhosa precisando ser feita por um profissional qualificado.

 

 

Vantagens, ar condicionado “portátil”

 

vantagens do ar condicionado portátil

 

As maiores qualidades desse modelo são a versatilidade e a mobilidade.

Ele pode ser retirado de um ambiente e colocado em outro com muita praticidade, já que não precisa de uma instalação propriamente dita.

 

#Desvantagens

O ar portátil é prático, mas também “grandinho”.

Ele ocupará um bom espaço no ambiente interno, o que aumenta o ruído produzido. Além disso, possui uma tubulação na parte traseira que deverá ser voltada pra área externa.

Por fim, o ar portátil apresenta preços elevados, o que ajuda a explicar a pouca popularidade do aparelho.

Esse post só foi possível com a colaboração da equipe Webcontinental,  valeu pessoal 😉

 

Gostou das dicas?

Então veja essas que separei pra você:

 

Ficou com dúvida… é só perguntar que eu respondo na hora 😉

 

Clique pra voltar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

*

2 Comentários

  1. Rapaz… Eu nunca tinha parado para pensar do motivo do nome “Split”. Bem interessante.
    Uma grande desvantagem do split é que a grande maioria deles é 220v e aqui no Rio de Janeiro as tomadas não são desse padrão, sendo necessário um eletricista para passar mais um fio de fase desde o quadro elétrico até a tomada. Mais um custo e um problema para casas antigas com conduítes mais finos.

    Show o post.

    • Isso mesmo, Bruno! Fazer a conversão pro 220v é inevitável, o que acrescenta mais um custo à instalação.
      Recentemente, substituí o meu Portátil por um Split… estou bolando um post de comparação pra dividir minha opinião se, no final das contas, valeu ter feito essa troca 😉

      Grande Abraço!